Saiba como fazer uma esfera de suculentas

Atualizado: 5 de Mar de 2019


Adoro criar espaços com plantas pois além de trazerem harmonia das cores e texturas elas também revitalizam os ambientes com sua energia.

A matéria dessa semana me deixou bastante empolgada pois além de auxiliar a cliente a realizar seu desejo, no final eu também resolvi colocar a mão na massa e o resultado vocês poderão verificar mais no finalzinho da matéria.


Escolha das espécies

O uso de plantas valoriza a decoração dos ambientes, no entanto é preciso ter critério na escolha das espécies, pois são seres vivos que dependem de água, luz e apesar de todo amor, muitas vezes as plantinhas não resistem a nossa falta de prática.

Dessa forma sugeri que fossem utilizadas espécies de suculentas, pois além de PRECISAREM de sol , suas folhas trazem uma estética moderna , textura diferenciada, são fáceis de cuidar e exigem pouca água.


Planta-jade – Crassula ovata

(https://www.jardineiro.net/plantas/planta-jade-crassula-ovata.html)

Echevéria – Echeveria spp

(https://www.jardineiro.net/plantas/echeveria-echeveria-spp.html) ou http://terral.agr.br/plus/modulos/noticias/ler.php?cdnoticia=32

Mantendo a vida saudável: Kokedama

O Kokedama é uma técnica de origem japonesa onde as plantas são configuradas dentro de esferas ornamentais feitas com musgo que auxiliam na manutenção da umidade.

Para o espaço precisávamos de um kokedama maior que o convencional, por isso adotamos outros materiais, que aguentassem o peso e o tamanho, encontrados a solução no site, (http://www.labioguia.com/notas/como-hacer-una-esfera-de-suculentas) e de toda forma mantivemos o mesmo conceito de beleza para o nosso cantinho.

Materiais




  • Semi esferas de fibra de coco

  • Terra adubada

  • Areia

  • Arame flexível

  • Placa Madeira

  • Suculentas (Crassula, Echeveria)



Passo a passo


  1. Misture a terra adubada com a areia de forma que a textura fique com uma textura mais leve e solta. Em seguida misture um pouco de água para criar uma consistência de barro firme. Sugiro observar a textura no vídeo produzido pela “ Vida no jardim (https://www.youtube.com/watch?v=sjB-tWXLRok&t=84s). No caso de suculentas é importante que a terra seja bem drenada .

  2. Preencha as semiesferas de fibra de coco com a mistura de terra e areia.

  3. Em uma delas com auxílio de uma placa de madeira sobreponha as partes formando a esfera. Com cuidado para não desmanchar. Retire a placa de madeira.

  4. Com um arame flexível amarre as metades.

  5. Com auxilio de uma faca ou pá, faça pequenos buracos nos quadrados que sobraram para plantar as mudas de suculentas.

  6. As espécies escolhidas logo começaram a crescer



Uma observação importante é que o Kokedama tradicional também possibilita a criação de suculentas como nos exemplos mostrados abaixo, no entanto o peso da estrutura exige alguns cuidados extras como o aramado de metal utilizado na ultima imagem.


http://www.jardimdomundo.com/kokedama-como-fazer-um-jardim-suspenso-por-um-fio/

https://www.pinterest.pt/pin/524599056584768222/

https://www.pinterest.pt/pin/180073685082218336/


Já estava me esquecendo... Essa foi a kokedama experimental que eu fiz para mim... estou ansiosa para ela crescer ;)


8 visualizações

Tel: 011-97290-9568

Desenvolvemos soluções de arquitetura, atuando desde os estudos até inauguração.

© 2017 por Krictal Arquitetura e Design

 JAG17